“Não existe nenhuma novidade em se achar que é preciso cortar os ACS”

Este mês, a Política Nacional de Atenção Básica (PNAB) ganhou grande destaque, e não foi só entre pesquisadores e militantes da Saúde Pública (a gente já falou um pouco disso aqui). Uma proposta de revisão da Política foi apresentada no fim de julho pela Comissão Intergestores Tripartite (a CIT, que conta com representantes de gestores da saúde no nível federal, estadual e municipal) e pegou muita gente de surpresa. Desde então, várias análises têm sido publicadas, tanto nos meios que

Continue Lendo

Meu nome é Pinion. O-Pinion

Primeiro a gente definiu o que queria: dar um espaço para que pessoas que trabalham com saúde nos territórios pudessem mostrar seu dia a dia, suas dificuldades, suas boas sacadas, enfim, suas histórias. Nossos grandes chamados eram: Conta pra gente! e Mostra pra gente! E aí era preciso apresentar essa ideia de um jeito bacana, que deixasse todo mundo com vontade de participar. O nome da mostra levou um bom tempo pra ser definido. Começamos a pensar palavras e expressões-chave

Continue Lendo

Mudanças na Atenção Básica: agentes comunitários participam de reunião do CNS

Atenção! Tem novidade na área e tudo indica que não é coisa boa para a Saúde da Família. Confira abaixo, no nosso plantão de notícias (rs), um pouco do que vimos ontem no Rio, na Fiocruz: Não dá pra dizer que foi uma surpresa: há quase um ano, gente que estuda Atenção Básica vem alertando para o fato de que está em curso um processo sigiloso e nada democrático de revisão da Política Nacional de Atenção Básica (PNAB). Um documento,

Continue Lendo

Contar o quê? E como?

Na verdadeira Narração, a mão intervém decisivamente, com seus gestos, aprendidos na experiência do trabalho, que sustentam de cem maneiras o fluxo do que é dito. A antiga coordenação da alma, do olhar e da mão é típica do artesão, e é ela que encontramos sempre, onde quer que a arte de narrar seja praticada. Podemos ir mais longe e perguntar se a relação entre o narrador e sua matéria – a vida humana – não seria ela própria uma

Continue Lendo

Em defesa da Atenção Básica e da Estratégia Saúde da Família

Nós, da mostra SAÚDE É MEU LUGAR, reconhecemos a Atenção Básica não só como o lugar do atendimento inicial no SUS mas também como ordenadora dos fluxos em todo o sistema, e acreditamos que a Estratégia Saúde da Família é a melhor maneira de garantir que ela esteja em consonância com os princípios e diretrizes do sistema. Não é à toa que nosso compromisso está em mostrar o cotidiano de quem atua nesse nível de atenção, nos territórios: são profissionais

Continue Lendo

Site Footer

Sliding Sidebar

Histórico

Últimas do Instagram

Nossos Canais