O valor da arte na saúde mental

A história que a psicóloga Aline Pereira contou pra gente é muito, muito emocionante. Com um texto bem gostoso de ler, ela narra o acompanhamento  de um jovem que, aos 18 anos, foi encaminhado ao Centro de Atenção Psicossocial onde Aline trabalha, em Canoas (RS).

No caso desse jovem, a arte foi fundamental no processo terapêutico, que incluiu a organização de uma exposição com “música, poesia, arte e muito afeto”. Como ela diz no relato ( que vale a pena conhecer!!), ela e a equipe construíram “juntos pontos que lhe permitiram ter esperança, pontes para o futuro que o fizeram afirmar e acreditar que ‘dias melhores virão’”…

Bom, Aline é uma dessas narradoras que pulam da mostra online direto pra presencial. Ela esteve na mostra estadual Saúde É Meu Lugar no Rio Grande do Sul e conversou um bocadinho com a gente sobre o seu trabalho e, é claro, sobre sua participação no  nosso projeto, que considera como um espaço importante de compartilhamento de práticas: “Vemos a riqueza que é o SUS e o quanto dá certo. No papel e na teoria ele parece utópico, mas nas micropolíticas a gente percebe que ele existe e é vivo”.

Para Aline, há várias questões delicadas em se atuar na saúde mental, porque muitas situações afetam os profissionais, os atravessam, fazem com que sintam a dor do outro. Em seu trabalho diário, os desafios são grandes, porque a equipe é reduzida e presencia crises severas durante o serviço. Mas, olhando pra situação atual, ela acha que o mais difícil é enfrentar os problemas sociais que estão vindo por aí.  “O mais difícil, e que mais atravessa o trabalho, é o processo de desconstrução que vivemos hoje, do desmonte do SUS e da saúde pública, a retirada dos direitos das pessoas, e justamente das mais necessitadas. A retirada de direitos está diretamente ligada ao sofrimento. Temos uma sociedade desassistida, com um sofrimento significativo que é cada vez maior”, desabafou.

Se vale a pena? O sorriso e as palavras decididas não deixam dúvidas: “É um processo desafiador mas muito rico, porque percebemos na prática que o nosso cuidado está sendo efetivo. Me sinto realizada enquanto profissional” 🙂

Quer participar também? Manda sua história pra gente!

Site Footer

Sliding Sidebar

Últimas Atualizações

Últimas do Instagram

Nossos Canais