Saúde da família rural no Tocantins

Longas distâncias e poucos agentes são dois grandes problemas enfrentados por Wixson Batista da Silva – um dos poucos agentes comunitários da zona rural de Palmas, no Tocantins. Imagens do seu trabalho foram captadas e enviadas para a nossa mostra pela assistente social Werlem Santiago e você pode conferi-las aqui . Wixson trabalha como ACS há três anos, sempre na zona rural. Ele acompanha nada menos que 171 famílias, o que dá quase 700 pessoas! Embora 700 seja a quantidade

Continue Lendo

História de mulheres contando histórias

Estávamos com saudade de trazer um pouco da vida dos nossos contadores de histórias pra cá! E hoje, dia Internacional da Mulher, é a vez de mostrar um trabalho lindo que tem tudo a ver co ma data.  A Lorena Queiroz nem trabalha na Atenção Básica, mas construiu um projeto que tem muito a ver com a nossa proposta na mostra Saúde é Meu Lugar e que definitivamente pode ser replicado por equipes de saúde da família: como estagiária de serviço social

Continue Lendo

Chegamos a 500 histórias! E a gente nunca esquece a primeira…

Chegamos a 500 histórias no site! São 500 casos que fazem a gente refletir, se animar, querer crescer e construir junto – e a cada dia recebemos mais contatos. Isso merece uma comemoração! Você sabia que a palavra comemorar vem de memória, de  lembrar junto? Pra comemorar, então, nada mais justo que lembrar aqui o primeiríssimo relato que chegou pra gente, meses atrás, deixando nosso coração quentinho de alegria. Essa primeira história falava de um homem que de certa forma atuava na

Continue Lendo

De olho na tradição

Pela quantidade de histórias que estão chegando pra gente do Espírito Santo, já dá pra ver que a nossa mostra estadual, que vai acontecer na semana que vem, vai bombar! E uma coisa tem chamado muito a nossa atenção nesses relatos. É que vários deles falam de experiências que muita gente nem se liga que o SUS oferece: são as chamadas práticas integrativas e complementares, que incluem, por exemplo, a homeopatia, as plantas medicinais e a acupuntura. No meio das

Continue Lendo

O valor da arte na saúde mental

A história que a psicóloga Aline Pereira contou pra gente é muito, muito emocionante. Com um texto bem gostoso de ler, ela narra o acompanhamento  de um jovem que, aos 18 anos, foi encaminhado ao Centro de Atenção Psicossocial onde Aline trabalha, em Canoas (RS). No caso desse jovem, a arte foi fundamental no processo terapêutico, que incluiu a organização de uma exposição com “música, poesia, arte e muito afeto”. Como ela diz no relato ( que vale a pena

Continue Lendo

Ela voltou pro Mato Grosso com a mala cheia de ideias

Daiane Teodoro é enfermeira, já atuou na ponta e hoje faz parte da gestão da saúde em Glória D’Oeste, uma pequena cidade com cerca de três mil habitantes em Mato Grosso. Ela enfrentou uma viagem bem longa pra chegar a Curitiba e trocar ideias com os outros participantes da Edição Sul. Daiane participou da roda de conversa sobre Educação Permanente em Saúde, que aconteceu no segundo dia da mostra e, no resto do tempo, acompanhou as demais discussões, conversou muito

Continue Lendo

Mais um jeito de promover saúde entre adolescentes

Quem atua na atenção básica, nos territórios, sabe que é preciso bolar estratégias diferentes pra conseguir chegar em públicos diferentes. E, às vezes, ideias simples fazem toda a diferença. A Cláudia Carollo, uma de nossas narradoras convidadas para a Edição Sul, tinha um problema semelhante ao do Giovani Athayde (se não se lembrar, clica aqui): viu que era difícil fazer adolescentes realmente se interessarem pelo que os profissionais da saúde diziam. “Em geral, adolescentes procuram a unidade de saúde quando

Continue Lendo

“O ACS é alguém que muda a história”

Giovani de Athayde é o tipo de profissional que não espera as coisas acontecerem para então trabalhar nelas: vê o que precisa e pode ser feito e parte para a ação. Ele é agente comunitário de saúde (ACS) em Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul, e nós o convidamos para participar da Edição Sudeste por conta de um relato muito inspirador que recebemos dele. Foi essa a história que ele contou na roda de conversa sobre a formação dos agentes comunitários

Continue Lendo

Extra! Extra! Vai ser mais fácil ter uma mostra perto de você <3

Estamos crescendo e parece que o céu é o limite (haha): agora as cinco mostras regionais não vão mais ser os únicos momentos presenciais da Saúde É Meu Lugar. Adivinha o que vai acontecer? Hein? Tem uma superdica nesse post sobre o Henio Dantas. Ficou fácil, né? Adivinhou? Se você respondeu que vamos fazer uma mostra em cada cidade brasileira… Poxa, errou, porque (ainda!) não é bem isso. Mas passou perto: vai ter mostra Saúde É Meu Lugar em todos

Continue Lendo

“Meu objeto não é o dente, é a pessoa”

Lídia Pereira já é velha conhecida nossa 🙂 Ela havia estado conosco na minimostra do Rio de Janeiro e, em BH, contou novamente suas histórias para a plateia. Cirurgiã-dentista e aluna da residência da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/Fiocruz), ela levou dois relatos que falam do trabalho em rede e da importância de um olhar integral, que veja a saúde para além da doença. Você pode ouvi-los aqui e aqui. Para Lídia, o evento foi um “refrigério na alma”

Continue Lendo

Site Footer

Sliding Sidebar

Últimas do Instagram

Nossos Canais