Tem novidade no forno :)

Aconteceu tanta, tanta coisa este ano, que parece ter sido muito mais tempo. Pra quem, como a gente, vive pra saúde pública e pra Atenção Básica, 2017 trouxe muita dor de cabeça, mas também a certeza de que vale a pena seguir lutando pelo que a gente acredita. Não tinha hora melhor pro Saúde é Meu lugar finalmente nascer, depois de uma longa gestação: passamos um tempão conversando, planejando, bolando nome, bolando mascote, escolhendo nossas cores e nossa voz, montando

Continue Lendo

Meu, seu, nosso? De quem é esse lugar?

“Por que Saúde é Meu Lugar, e não Nosso? Afinal, não é o lugar de todos nós?” Quem trouxe essa pergunta pra gente foi a Heloiza Freitas de Lima, que participou da nossa última mostra estadual, em Vitória/ES. Achamos essa questão fantástica porque, apesar de a gente já ter falado aqui sobre como o projeto surgiu e foi se transformando nessa coisa maravilhinda que é hoje, nunca falamos com graaaandes detalhes sobre de onde veio esse nome. E a crítica

Continue Lendo

Chegamos a 500 histórias! E a gente nunca esquece a primeira…

Chegamos a 500 histórias no site! São 500 casos que fazem a gente refletir, se animar, querer crescer e construir junto – e a cada dia recebemos mais contatos. Isso merece uma comemoração! Você sabia que a palavra comemorar vem de memória, de  lembrar junto? Pra comemorar, então, nada mais justo que lembrar aqui o primeiríssimo relato que chegou pra gente, meses atrás, deixando nosso coração quentinho de alegria. Essa primeira história falava de um homem que de certa forma atuava na

Continue Lendo

Por que falar desse lugar?

Saúde é nosso lugar e nosso foco tá no território. Mas você sabe por que fizemos essa escolha, e o tanto de coisa que tivemos que bolar para que o território aparecesse de verdade nas nossas histórias? Começamos a idealizar as mostras num momento que, por coincidência, era superdelicado para trabalhadores que estão na base da Estratégia Saúde da Família (ESF): em maio do ano passado, a portaria 958/2016 determinava a substituição dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) por auxiliares

Continue Lendo

“Isso é ser ACS”

Conhecemos a Carisane Pinheiro por meio de vídeos que ela enviou há algum tempo para a nossa mostra online (veja aqui, aqui e aqui). Ela é de Canoas, no Rio Grande do Sul, e fizemos questão de que nos encontrasse em Curitiba para contar suas histórias pessoalmente na nossa Edição Sul. Carisane abriu a roda de conversa sobre a formação dos agentes comunitários de saúde de endemias, que aconteceu na primeira manhã. Ela é ACS há sete anos em Canoas,

Continue Lendo

Chegamos com tudo!

Começamos bem em Curitiba: a Escola de Saúde Pública do Paraná ficou super lotada para a abertura da nossa Edição Sul, que começou hoje à tarde e vai se estender amanhã. O mais legal era a diversidade do público: tinha pessoal da enfermagem, da área administrativa, da saúde indígena, da educação popular em saúde, agentes comunitários… O Caco Xavier, coordenador do Saúde É Meu Lugar, falou justamente disso na abertura do encontro: “O ambiente que temos aqui, com pessoas de

Continue Lendo

Ele saiu do anonimato e entrou pra nossa equipe

Vocês se lembram do Henio Dantas? Ele é o agente comunitário de saúde (ACS) de Serrinha, na Bahia, que foi selecionado pra participar ao vivo da edição sudeste da Saúde É Meu Lugar e fez o público todo chorar com sua apresentação. Lá, em Belo Horizonte, Henio se doou pro evento de um jeito tão bacana que não dava pra parar por ali… E não parou: essa semana ele protagonizou nossa primeira edição estadual, levando a mostra Saúde É Meu

Continue Lendo

“Meu objeto não é o dente, é a pessoa”

Lídia Pereira já é velha conhecida nossa 🙂 Ela havia estado conosco na minimostra do Rio de Janeiro e, em BH, contou novamente suas histórias para a plateia. Cirurgiã-dentista e aluna da residência da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/Fiocruz), ela levou dois relatos que falam do trabalho em rede e da importância de um olhar integral, que veja a saúde para além da doença. Você pode ouvi-los aqui e aqui. Para Lídia, o evento foi um “refrigério na alma”

Continue Lendo

Bastidores: o projeto de dentro para fora

Quando a gente olha um projeto finalizado – um livro, uma exposição, um filme, uma música nova, uma série de TV –, quase nunca se dá conta de todo o caminho que foi percorrido até que aquilo ali se tornasse concreto. O Saúde É Meu Lugar também tem esse lado que todo mundo vê (e que ainda vai ver, porque estamos só começando!): o site está pronto, as narrativas já estão sendo colhidas e logo vão começar a circular, a

Continue Lendo

Site Footer

Sliding Sidebar

Últimas do Instagram

Nossos Canais